Saúde e Cuidados

Primeira Dentição

Seu bebê está um pouco irritado ultimamente? Está manhoso? Tem colocado a mão e vários objetos na boca? Sua gengiva está inchada e um pouco esbranquiçada? Hmm, tem dentinhos vindo por aí! 😁

F01

Isso mesmo, esses são alguns dos sintomas que surgem quando os primeiros dentinhos do bebê estão nascendo. Esse é um processo que se inicia por volta do sexto mês, a partir da introdução alimentar, e pode seguir até os 15 meses de vida. Alguns bebês podem apresentar o nascimento dos dentinho já a partir do 4º mês, em contra partida, há bebês que chegam ao primeiro ano de vida sem nenhum dentinho na boca. Em todos os casos, é importantíssimo o acompanhamento de um pediatra ou odontopediatra durante o processo.

Até os 5 anos, as crianças deverão ter 20 dentinhos na boca e a ordem do nascimento acontece de acordo com as alterações na alimentação do bebê. Primeiramente os dentes incisivos, que cortam os alimentos, depois os caninos, que perfuram e rasgam os alimentos e por último, os molares, responsáveis por esmagar a comida durante a mastigação.

F04

Como já dissemos acima, existem vários sintomas que ocorrem durante o processo da primeira dentição, entre eles:

  • Dor na gengiva e inchaço;
  • Irritação
  • Febre – A temperatura corporal do bebê pode aumentar um pouco, como em casos de qualquer outra inflamação.
  • Aumento do hábito de morder e coçar a gengiva.
  • Excesso de saliva, podendo fazer com que o neném babe mais
  • Redução do apetite
  • Vermelhidão facial
  • Alterações gastrointestinais – Que pode ser justificada pelo ato de levar objetos e as mãos contaminadas à boca.

Outros sintomas como diarreia podem surgir, mas não é justificada pelo surgimento dos dentinhos, e sim pelos novos hábitos alimentares da criança. Em todo caso, se qualquer um dos sintomas acima for muito intenso ou persistirem por muitos dias, é aconselhável que o pediatra seja consultado.

F02

O período de erupção dental é marcado pelos quatro dias anteriores e ou três dias posteriores ao surgimento do dentinho e para aliviar os sintomas, existem várias soluções caseiras, como:

  • Oferecer ao bebê, alimentos frios ou gelados;
  • Massagear a gengiva com objetos gelados, como escovas massageadoras e mordedores refrigerantes.
  • Usar mordedores, para que o bebê alivie a coceira.
  • Passar na gengiva um remédio homeopático que contenha camomila para acalmar a região.

Uma dica legal é colocar mordedores e alimentos como banana, maçã e cenoura (cortados em pedaços grandes para evitar engasgamento) no congelador e dar ao bebê. O friozinho dos alimentos e objetos melhoram a dor e acalmam os ânimos da criança. Caso você não possa ficar supervisionando quando oferecer um alimento ao bebê, existem alimentadores com tela que são uma ótima opção para evitar que engasgos aconteçam, principalmente se o nenê for muito novinho.

Em último caso, há pomadas e géis anestésicos que podem ser aplicados diretamente na gengiva, porém o uso deve ser feito somente com indicação médica ou de um dentista.

F03

Para fechar o post de hoje, queremos frisar a importância dos dentinhos de leite no desenvolvimento da criança. Eles são responsáveis pelo correto desenvolvimento estrutural da face da criança e também pela correta mastigação e deglutição dos alimentos. É um processo importante e que merece todos os cuidados necessários.

Gostou do post de hoje? Conta pra gente qual foi ou está sendo sua experiência ao passar por essa fase. Pode comentar dicas, situações e histórias que nós vamos adorar! 😊💝

Equipe Bebefacil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s